fbpx

Atividades de coordenação motora fina por meio da Arte

Você sabe o que é coordenação motora fina ou já ouviu falar em atividades para estimulá-la?

Coordenação motora fina, nada mais é do que o uso de músculos pequenos, como por exemplo os das mãos e pés. Quando a criança desenha, pinta, manuseia pequenos objetos, trabalha com massinha, rasga papel, recorta ou faz dobradura, ela desenvolve movimentos mais precisos e com isso habilidades que farão parte da sua vida para sempre.

atividades de coordenação motora fina

A coordenação motora fina é desenvolvida desde muito cedo. Quando a criança começa a perceber objetos e pegá-los com as mãos. Quando começa a fazer movimento de pinça para pegar aquele pedacinho de pão bem pequeno que caiu na mesa. Ou mesmo quando ensaia os primeiros desenhos com giz de cera ou lápis de cor.

O uso excessivo de tecnologias, como tablet ou celular, pode prejudicar este desenvolvimento. A criança que antes usava todos os dedinhos para colorir e recortar, acaba movendo apenas o indicador, com leves movimentos ou mesmo um click. Isso sem falar do prejuízo criativo, por não utilizar materiais reais, com cheiro, textura e temperatura.

Como podemos usar a arte para desenvolver atividades de coordenação motora fina?

A arte na infância vai muito além de entretenimento. É uma ferramenta valiosa para estimular o desenvolvimento de várias áreas da vida da criança. Abaixo listo algumas dicas de como usar técnicas bem conhecidas para ajudar as crianças e desenvolverem habilidades motoras que irão acompanhá-la por toda sua vida.

1. Atividades com desenho

Giz de cera, lápis de cor, canetinhas, canetas, não importa o material, desenhar é universal! Existem várias alternativas para possibilitar que as crianças exercitem o desenho e a coordenação motora fina de forma livre e criativa. Veja algumas dicas:

atividades de coordenação motora fina
  •  Use o material que você tem em casa. Não há necessidade de comprar coisas caras. Folha de papel simples, branca ou reciclada ou mesmo um caderno de desenho velho. Que tal um desenho em papel de pão? Ou embalagens reutilizadas?
  • Você também pode comprar papel craft em folhas ou rolo. Coloque-as no chão, para dar mais espaço para a criança desenhar. Ou mesmo prenda-as na parede, para que as crianças possam ter a experiência de desenhar de pé.
  • E se você tiver uma parede livre na sua casa, pintá-la com tinta de quadro negro pode ser uma boa opção. Já existem também papéis adesivos que substituem o quadro negro.
  • Crie competições de desenho com as crianças. Um desenha e os outros tentam adivinhar. Ou brinquem de um terminar o desenho que o outro começou. Desenhar juntos pode ser muito divertido! Aqui em casa rende boas gargalhadas.

2. Recortar e colar para coordenação motora fina

atividades de coordenação motora fina

Crianças podem sim usar tesouras sem ponta, apropriadas para sua idade. Recortar acaba sendo uma atividade de concentração, onde as crianças gastam um bom tempo focadas. 

Vale lembrar também que é possível “recortar” com as mãos, ou seja rasgar o papel. 

O importante é ter liberdade para explorar os materiais e entender no processo o funcionamento do próprio corpo, as habilidades das mãos e dedos. 

Colar também estimula a coordenação motora fina, já que a criança precisa pinçar os pedaços de papel que recortou e usar por vezes, as duas mãos, para segurar o papel e aplicar a cola. 

3. Atividades com dobradura

Quando eu era criança, minha mãe costumava fazer barquinho e chapéu de soldado para me encantar. Em folhas velhas de revista ou jornal, logo se tornou um desafio aprender a executar aquelas dobraduras e ver finalmente meu avião voando pelo céu, ainda que por alguns instantes.

Existem inúmeros sites e tutoriais na internet dedicados a ensinar dobraduras ou os famosos origamis, dos mais fáceis aos mais complexos. Não há necessidades de comprar papéis especiais. A ideia é se divertir, exercitar as mãozinhas e a imaginação e ter um tempo agradável em família.

Comecem com dobraduras simples, quem sabe pequenos dedoches ou bichinhos. Dê espaço às imperfeições. As primeiras dobraduras ficarão tortas, meio amassadas, e podem até resultar em trabalhos diferentes daqueles nos quais vocês se inspiraram. Verdadeiras obras autorais!

4. Atividades com massinha de modelar. 

Ah, a massinha de modelar! Quem nunca brincou de massinha? Desde criar formas, bichos, personagens até ficar mexendo e misturando massinha até que as cores se tornem uma só, sem muita definição. Existem inúmeras atividade com massinha, desde a fabricação de uma massinha caseira até brincadeiras para fazer com toda a família.

Já fiz um artigo aqui no blog ensinando uma receita caseira de massinha e várias atividades possível com ela. Clique AQUI e tenha acesso ao conteúdo completo sobre a massinha de modelar caseira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima